Reflexões

Período: 11 a 21 de Fevereiro de 2010

Abertura: 10 de Fevereiro

Local: Sala de Artes Plásticas - Club Athletico Paulistano

Em sua exposição “Reflexões. Os caminhos da Forma.”, realizada em 2010 no Club Athletico Paulistano, Mary Carmen mostrou pela primeira vez ao público o resultado de seus estudos sobre escultura. Entre seus mestres, o escultor Nicolas Vlavianos revelou que a artista “esteve sempre entre os mais entusiasmados e estas obras aqui presentes são o resultado do amor dedicação e empenho na prática da escultura.”

Com “21” esculturas, a artista teve como objetivo mostrar obras fortes, com o uso de materiais como ferro e bronze, mas ao mesmo tempo delicadas porque transmitem valores do ser humano. Mas mesmo nessa fragilidade, encontra-se força pois são valores necessários. A figura da mãe e do filho, a união da família e a figura marcante do guerreiro, traduziram uma inquietude da escultora.

Sobre essas figuras e as linhas de trabalho que Mary Carmen apresenta, o curador da exposição Jacob Klintowitz afirma “a objetividade áspera de seus guerreiros, esculturas que incorporam como procedimento básico o tratamento da matéria de maneira primordial, acentuando o seu aspecto original, duro, ríspido, como se fosse in natura. A segunda linha é a que procura e encontra formas orgânicas, curvas, arredondadas, em figuras em grupo ou individuais, estruturadas numa visualidade tátil e de relações harmônicas. Nos dois casos, a contribuição da artista é marcada pelo acento na reflexão e na sensibilidade extremada”.

Por fim, o curador Jacob Klintowitz complementa “O que impressiona na obra de Mary Carmen Matias, é ela “sempre se colocar questões estéticas difíceis e que exigem muito dela. É uma característica do verdadeiro artista, pois este sempre se recusa ao saber burocrático e procura aprofundar o seu fazer, mesmo à custa de enorme sacrifício”

A Exposição

Na Mídia